Ludera

Como incentivar os cuidados com a saúde do funcionário? Saiba aqui

Como incentivar os cuidados com a saúde do funcionário? Saiba aqui

Você tem percebido que os seus colaboradores estão desmotivados? Pois a razão para isso pode estar relacionada com o bem-estar deles. De fato, a saúde do funcionário é um aspecto que precisa ser levado a sério na empresa, mas isso nem sempre acontece.

Diante disso, pergunte-se: como está a saúde dos colaboradores? Se você demorou para responder, fique alerta! Ajudaremos a mudar esse cenário, é só acompanhar nosso artigo!

Por que é importante valorizar a saúde do funcionário?

Ao contrário do que alguns gestores pensam, contribuir para o bem-estar físico dos funcionários vai além de oferecer um plano de saúde. Além disso, devem ser incluídas outras ações internas que promovam um estilo de vida mais saudável.

Na verdade, essas práticas precisam fazer parte da cultura da instituição, de modo que, mesmo os funcionários recém-admitidos sintam-se estimulados a cuidar da saúde.

Já aqueles colaboradores que relutam em adotar um modo de vida saudável, aos poucos podem mudar esse comportamento. Para isso, a empresa — por meio de ações regulares e estruturadas — pode ajudá-los a perceber os benefícios que receberão a curto, médio e longo prazo.

Ao tomar essa iniciativa, a instituição também colhe bons frutos. Afinal, seu capital humano será mais produtivo, eficiente, feliz e engajado com o negócio.

Como promover um ambiente interno saudável?

Sentiu-se motivado com o valor de um ambiente interno saudável? Muito bom! Então, vamos ensinar como implantá-lo em sua empresa. Vamos às dicas.

1. Mapeamento e educação continuada

O primeiro passo é conhecer melhor os colaboradores da empresa. Para isso, é preciso identificar aqueles que já possuem uma vida com práticas saudáveis e os que não se interessam muito por isso.

É interessante saber também que tipos de atividades estimulariam esse último grupo a aderir ao hábito de cuidar da saúde. Com base nessas informações, é feita a segunda etapa: criar ações educacionais de curto, médio e longo prazo que se adequem com a estrutura operacional e a cultura da empresa.

Por exemplo, se a instituição é voltada para a inovação, atividades físicas que envolvam o uso da tecnologia podem ser muito bem-vindas. Fazendo assim, a organização evita perder tempo e dinheiro com campanhas desestruturadas e sem um efeito positivo.

2. Metodologia

Outro aspecto fundamental para promover um ambiente interno saudável é a criação de uma metodologia. Nela, haverá os pilares fundamentais para a melhoria da qualidade de vida dos funcionários.

Por exemplo, um programa que recompense os colaboradores que demonstram progresso em sua saúde pode ser o ideal para a empresa. É claro que no decorrer das atividades haverá uma mensuração para a análise da eficiência de cada estratégia.

3. Engajamento

Por meio de ações simples, progressivas e motivadoras, a equipe interna começa a se envolver com o programa de qualidade de vida. Uma forma de fazer isso é por meio da gamificação.

Funciona assim: os colaboradores que participam desse programa são inseridos em um portal virtual que pode ser acessado por meio de um dispositivo eletrônico. Ali, esses funcionários encontrarão as atividades físicas que deverão realizar, bem como o seu desempenho nelas.

Para motivar a todos, esses exercícios podem ser feitos em grupos e um ranking demonstra os melhores competidores. É uma maneira criativa de estimular a prática de atividades saudáveis, não acha?

4. Quantificação

Após toda a estruturação da metodologia, haverá a medição da aderência ao programa e sua eficácia. Por meio de um monitoramento de dados coletados dos participantes é possível verificar tendências e até antecipar problemas.

5. Acerte o alvo

Por fim, a organização tomará decisões conscientes e embasadas em informações sólidas. Talvez seja preciso mudar o cardápio das refeições dos funcionários ou incluir na lista de benefícios corporativos descontos em academias.

Além disso, o fornecimento de informações acidentais (mensagens motivadoras fixadas em locais em que os funcionários passam com frequência) pode ser a estratégia certa.

Como vimos, um ambiente empresarial que promove o bem-estar beneficia a todos e precisa ser desenvolvido e inserido na cultura da instituição. Dessa forma, os bons resultados serão expressivos.

O que achou de nosso artigo? Gostaria de incentivar os cuidados com a saúde do funcionário em sua empresa? Podemos ajudá-lo! Entre em contato com a Ludera e conte com serviços especializados em saúde empresarial.

Deixe uma resposta

Fechar Menu